pedro-lamares_22.jpg
INFORMAÇÕES

12 de Novembro, às 21h30

 

Grande Luís Morais Auditório

Centro Cultural do Mindelo

 

DURAÇÃO: 60 min 

Língua: Portuguesa

CLASSIFICAÇÃO: M.10

FESTIVAL MINDELACT
REGRAS E PREVENÇÃO

HIGIENIZAÇÃO 

Os espaços terão vários pontos com álcool gel disponível à higienização das mãos

DISTANCIAMENTO

O distanciamento social será garantido, nas entradas, saídas e dentro dos espaços de apresentação

MÁSCARAS

O uso de máscara é obrigatório, na entrada, saída e dentro dos espaços de apresentação

LOTAÇÃO

A lotação dos espaços será reduzida em 60% de forma a garantir o distanciamento dentro das salas

DIGITAL

Bilhetes e programas terão formato digital. O espectador receberá o seu bilhete por mail em formato de imagem, que será mostrado na entrada, com o telemóvel.

PAGAMENTO

Todos os pagamentos serão feitos através de cartão 24 e terminal multibanco, não havendo lugar a troca de notas e moedas.

 
RECITAL
COMO SE DESENHA UMA CASA
Pedro Lamares (Portugal) 

FICHA ARTÍSTICA

 

Concepção Geral Pedro Lamares

 

Interpretação   Pedro Lamares e Rui David, a partir do livro de poemas de Manuel António Pina

O ESPETÁCULO

O último livro de poemas de Manuel António Pina lança a escada: como se desenha uma casa? Desenha-se de amigos, ideias, poemas, utopias, música, vinho. Desenha-se a casa dentro e fora de casa. Na casa cidade, na casa de afectos, na casa que desejamos de encontro às cores do mundo porque é assim que o queremos habitar.


Como ‘aos amigos’ de Herberto Helder, "não os chamo e eles voltam-se profundamente dentro do fogo. Temos um talento doloroso e obscuro. Construímos um lugar de silêncio, de paixão".  

Um espectáculo de cumplicidades artísticas, humanas e sociais. Pedro Lamares convida Rui David. Jornalista de formação e músico de vocação, Rui David traz canções do seu álbum de estreia  (contraluz) onde se encontram temas que lhe foram oferecidos por Jorge Palma, Manuel Cruz ou Carlos Tê, e traz também clássicos do cancioneiro português, como o Zeca Afonso, José Mário Branco, Fausto, Sérgio Godinho.  Poemas, canções e histórias partilhadas por dois amigos de há 25 anos, a desenhar uma casa num tempo em que os abraços são feitos de olhos, cotovelos e palavras, longe dos braços.

 

PEDRO LAMARES 

Ator multifacetado, com extensa carreira em teatro, cinema, televisão e poesia. Entre os seus espetáculos de poesia, um deles A Poesia é Uma Arma Carregada de Futuro, o espetáculo que faz em dupla com Lúcia Moniz, Para Atravessar Contigo o Deserto do Mundo, agora suspensos por tempo indeterminado, as participações em novelas, em filmes e em séries, como A Espia e 3 Mulheres, e o programa de literatura da RTP 2, Nada Será Como Dante, Pedro Lamares vive pela palavra. “É, sem dúvida, pela palavra que desenho o meu trabalho e o meu mundo. Na forma como me dou aos outros, quero acreditar que existem outras dimensões menos explícitas, mais táteis. Talvez seja isso, a ausência dessa experiência tátil, presencial, que traz urgência de voltar à palavra e o recurso às tecnologias digitais”.

ESPECTÁCULO PATROCINADO POR

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© Mindelact 2017 All rights reserved. Website created for Positivos Online

Contacto Centro de Documentação 

Telefone & Fax  00 238 232 4111


E-mail

mindelact@gmail.com