FESTIVAL MINDELACT
está em 2003
FESTIVAL MINDELACT 2003

EDITORIAL

 

Este é um ano que se pretende histórico. Mindelo é Capital Lusófona da Cultura e o Festival Mindelact 2003 foi desde logo apontado pela Câmara Municipal de S. Vicente – entidade responsável pela aplicação prática de tão orgulhoso estatuto – como uma das actividades centrais destas comemorações.  Ao fazer esta programação, procurámos estar à altura de tal estatuto, conscientes também que demos a nossa contribuição para que à cidade do Mindelo fosse dada a honra de apadrinhar tão louvável iniciativa. Foi neste pressuposto inicial que avançamos com a preparação de mais um festival internacional de teatro do Mindelo, um evento que só é possível porque muitas vontades se juntam para um mesmo objectivo. A concretização de apoios tão diversificados como aqueles que o Mindelact consegue congregar para levar a cabo a sua programação é, antes de tudo, prova da credibilidade desta equipa que há quase uma década vem contribuindo para uma autêntica revolução no panorama teatral cabo-verdiano. Vários Ministérios da Cultura de diferentes países, a cooperação internacional, instituições de elevada credibilidade e empresas de estatuto marcante no contexto nacional, apoiaram mais uma vez o Mindelact e tornam possível mais um milagre.

AS FRASES

 

“Culturalmente, o Mindelact devia ser declarado neste momento como Património da Nação”

Mário Lúcio Sousa – músico e dramaturgo cabo-verdiano

“Um Milagract!”

Miguel Seabra – encenador português

FESTIVAL MINDELACT
galeria de imagens
Ahx Pieds de la Lettre
Ahx Pieds de la Lettre

Cia. Dos à Deux (França)

Rei Lear
Rei Lear

GTCCPM & Atelier Teatrakácia (Cabo Verde)

O Relato de Alabad
O Relato de Alabad

Teatro Meridional (Portugal)

Fotografia do topo

Mindelo Capital Lusófona da Cultura em 2003